domingo, 15 de março de 2015

capítulo 45

LEIAM O RECADO NO FINAL, THANKS.

Eu e Júnior tivemos um fim de semana maravilhoso, bem romântico e recheado de muito amor. Nas semanas seguintes não foi diferente, ele aproveitava todo seu tempo livre perto de mim e sempre, ou quase sempre, dormia aqui em casa. Confesso que com o passar do tempo foram ocorrendo mudanças em meu corpo e isso deixou minha auto estima lá em baixo, mas saber que isso não tirou o desejo que o meu namorado sentia por mim me confortou um pouco. Nem mesmo minha variação de humor diária fez com que ele se afastasse de mim, claro que eu evitei ao máximo criar discussões por motivos banais, não só com ele mas com todos ao meu redor, mas as vezes a coisa foge do meu controle. Outra coisa que me ajudou a manter o equilíbrio foi a presença da tia Nadine e do Davi, eles chegaram no começo do mês e com muito jeitinho convenci ela a ficar mais tempo aqui comigo, infelizmente o pequeno teve que ir embora já que a saudade da mãe falou mais alto e eu não podia impedi-lo de ir apenas por um ego idiota né?! Júnior teve seus dois, e últimos, jogos pela Seleção e voltou pra casa na semana passada, neste período o doutor Enzo aproveitou para tripudiar em cima de mim, dizem que quando o gato sai os ratos fazem a festa não é mesmo? E foi o que aconteceu! Em apenas uma semana que o Neymar esteve fora, ele aproveitou bastante para me cutucar e o pior é que com pequenas coisas ele conseguia me afetar de uma forma imensa. Agora sempre que vou trabalhar o Big fica no hospital comigo, eu disse que não era necessário, mas Júnior insistiu e disse que não ia deixar sua mulher e seu filho correndo riscos  tirando isso, meus dias de trabalho foram todos tranquilos, nada de esforços e coisas que pudessem prejudicar minha gravidez. Falando nisso, venho me alimentando melhor, mesmo que eu não esteja com fome forço um pouco e como em prol desse pequeno serzinho que está dentro de mim. Hoje parece que o dia passou se arrastando, tenho um ultrassom marcado para amanhã e finalmente vou saber o sexo do meu pimpolho, nem preciso citar quanto estou ansiosa, parece que os minutos demoravam séculos e passei o dia todo acompanhando todas as horas através do relógio, quando terminei de atender o último paciente, levei-o até a porta e voltei pra minha mesa, ajeitei as coisas e peguei meu celular, tinha mensagem do Júnior no wpp

Amor vou ir andar de kart com os mlks e
depois vamo direto pra sua casa
Bota água no feijão
Te amo princesa  
Hahahahaha idiota!
To saindo do hospital agora, vou falar com a tia
Irene pra "botar água no feijão"
And i love u too prince

Bloqueei a tela assim que cheguei do lado de fora da sala e quando fechei a porta vi que o Big cochilava no sofá da sala de espera, me aproximei dele, passei a mão em seu ombro e pronunciei seu nome com um certo receio, ele levou um susto e eu acabei rindo- desculpa te acordar, mas é que meu horário já acabou
Big: não tem que pedir desculpa, eu vacilei aqui -coçou os olhos um pouco sem graça e levantou com um sorriso amarelo- então... vamos? -assenti e ele foi me seguindo pelos corredores, bati cartão e fomos rumo ao carro no estacionamento
Fernanda: olha Big, eu sei que você vem ficar aqui comigo por pura loucura do seu patrãozinho -ironizei, pois essa é a forma que ele se refere ao Júnior, e o mesmo riu- mas eu não quero que fique se desgastando com isso! Sei que é cansativo e chato ficar durante horas ali naquela sala me esperando, então pode ficar em casa ta bom? Eu converso com o Júnior
Big: que isso Nanda, eu sou pago para zelar a segurança do Juninho, e se na visão dele quem precisa de mim é você, eu vou ficar aqui contigo -chegamos perto do carro, ele desativou o alarme e nós entramos- hoje eu vacilei, dormi muito tarde essa noite e acabei pegando no sono, mas pode ficar tranquila que isso não vai acontecer mais
Fernanda: eu sei me cuidar sozinha e, além do mais, minhas férias já estão quase chegando e creio que ele não vá fazer mais nada em relação a mim
Big: deixa de ser marrenta Nandinha -rimos- vou continuar vindo, você querendo ou não, e se aquele palhaço ousar fazer alguma gracinha contigo, eu não respondo por mim!
Fernanda: pois eu duvido que com um negão desses na porta da minha sala ele vai ter coragem de fazer alguma coisa -rimos
Big: pra sua casa né? -assenti- vou te deixar lá e vou embora, to cansado
Fernanda: já falei pra não se incomodar comigo senhor Ismael
Big: mas você é birrenta mesmo ein, só agora entendo o Júnior -ri
Fernanda: ta bom, prometo não tocar nesse assunto mais
Big: ufa -disse em forma de alívio e riu
Fernanda: mas fica aqui em casa, os meninos vão vir jantar
Big: deixa pra próxima, hoje eu não to muito bem
Fernanda: vou te liberar porque to percebendo que você ta mesmo muito cansado, mas fica me devendo uma ein
Big: pode deixar -rimos e fomos o restante do caminho nesse clima descontraído, chegamos na porta de casa e ele estacionou na portaria- entregue madame
Fernanda: muito obrigada chofer -rimos- amanhã to de folga, ta livre!
Big: só não venho pra cá se o patrãozinho vier, do contrário estarei contigo firme e forte -revirei os olhos e ele riu
Fernanda: como sei que é certeza que ele vem, porque aquele moleque não desgruda -riu- até sexta -essa foi minha vez de rir
Big: até dona marra -fiz cara de desdém, rimos e eu me despedi dele, desci do carro, toquei o interfone e o seu Antônio abriu o portão pra mim, dei tchau pro Big que buzinou e arrancou com o carro, entrei cumprimentando o porteiro e subi pra casa, assim que entrei dei de cara com minha amiga e sua perna engessada. No começo da semana ela caiu, lá no hospital mesmo, e teve uma pequena fratura na perna, acabou tendo que engessar e de lavada ganhou quase um mês de folga
Fernanda: oh vida boa ein
Mariana: nem começa -ri e beijei a testa dela- como foi seu dia?
Fernanda: tranquilo, e o seu?
Mariana: normal, só comendo
Fernanda: seu job né -ela assentiu e nós rimos
Mariana: e meu afilhado, como ta?
Fernanda: bem, graças a Deus
Mariana: então ta tudo certo -ri por conta de sua convicção em relação ao sexo do bebê, deixei minha bolsa em cima do sofá e fui até a cozinha
Fernanda: boa noite meu amorrrr -puxei o r e ela riu
Irene: boa noite meus amores -sorri e beijei sua bochecha
Fernanda: olha os meninos vão vir jantar aqui e, como o próprio Neymar Júnior disse, coloca mais água no feijão -rimos
Irene: esse menino não toma jeito nunca
Fernanda: moleque de tudo ainda tia -sorri de lado lembrando de todas as idiotices dele
Irene: mas o que a gente pode fazer pra eles? -fiquei um tempo pensando enquanto ela me encarava
Fernanda: prato preferido do Júnior, que tal?
Irene: isso é desculpa pra comer fritas dona Fernanda?
Fernanda: eu inventando desculpa? Jamais tia -me fiz de ofendida e ela riu
Irene: vou fingir que não foi -ri
Fernanda: prometo que eu mesma venho passar meu bife na grelha, só pra diminuir o teor de gordura do meu prato
Irene: vou cobrar em senhorita fala bonito -ri e dei mais um beijo nela- já quer começar?
Fernanda: espera mais um pouco, vou tomar banho e já desço pra te ajudar
Irene: sem problemas -fomos juntas pra sala e eu fui direto pro quarto, separei uma roupa fresquinha e fui pro banheiro, me despi, tomei um banho morninho e não muito demorado, saí enrolada na toalha e me vesti, calcei minha havaianas e desci guardando o celular no bolso
Fernanda: vamos tia?
Mariana: vão me deixar aqui sozinha mesmo?
Fernanda: vem com a gente
Mariana: então me ajuda que essas muletas tão me cansando -ri- para de rir idiota -fez cara de brava mas acabou rindo também
Irene: eu ajudo, Nanda não pode fazer muito esforço -beijei o ombro e fui desfilando pra cozinha, as duas demoraram um pouco pra chegar e eu ri da situação
Mariana: você é podre cara
Fernanda: você deveria poder te ver pra saber como é engraçado -gargalhei
Irene: adora um mal feito -rimos, a tia ajudou a Mari a se sentar e foi lavar a mão
Fernanda: nunca sei por onde começar
Mariana: isso porque vai ser mãe e ta formando uma família ein
Fernanda: cala a boca
Mariana: ui -apontei o dedo do meio pra ela e a mesma riu
Irene: faz só os básicos e deixa que o resto eu faço
Fernanda: tudo bem
Irene: e não esquece do seu bife -assenti com cara de tédio e ela riu
Fernanda: você vai amassar o alho -falei encarando a senhora folga
Mariana: mas eu to com a perna machucada
Fernanda: e pra amassar alho precisa da perna? -riu- anda, preguiçosa -entreguei as coisas pra ela e a mesma fez tudo reclamando, nunca vi ter dom pra resmungar igual a ela- pronto, machucou a mão flor? -disse assim que ela terminou
Mariana: não, mas agora to cansada
Fernanda: vai a merda -riram e eu entreguei o batedor pra tia, ajudei ela com o arroz e ela fez o resto sozinha, fiz dois bifes na grelha, só pra garantir, e ajudei a Mari temperando a salada que ela havia feito, quando já estava quase terminando ouvi uma zoada no lado de fora do apartamento e fui correndo pra sala, abri a porta e o Júnior tava com o dedo perto da campainha, ele levou um susto e todos rimos- chegaram bem na hora, a janta acabou de ficar pronta
Neymar: gosto assim -me abraçou pela cintura e foi me levando pra dentro de casa, os meninos entraram e fecharam a porta, enquanto isso Júnior ia me enchendo de beijo no pescoço
Gil: pouca vergonha é essa?
André: falou o virgem -rimos e eu entrelacei minhas mãos no pescoço do Júnior
Neymar: ta cheirosa -disse no meu ouvido
Fernanda: acho que é o cheiro da comida -rimos e ele me deu um selinho demorado, o povo foi indo pra cozinha e ficamos só nós dois ali, dei início a um beijo calmo e no meio do mesmo dei uma apertada de leve na bunda do Júnior, ele encerrou o beijo me olhando assustado e eu dei uma crise de riso
Neymar: garota louca -acabou rindo também e eu fui o puxando pra cozinha- tudo bem com nosso filho né? -assenti ainda recuperando o fôlego e ele riu de novo- trocha! -chegamos lá e nos sentamos um do lado do outro, como o pessoal já tinha se servido, nós pegamos os últimos pratos que tinha lá e colocamos comida
Fernanda: e ai, quem ganhou?
Neymar: claro que fui eu né amor, sou fera
Jota: não sei qual macumba cê fez, sempre ganha essa merda -disse sério e nós rimos
Neymar: fica triste não, da próxima eu te deixo ganhar -riu debochado
André: fiquei em último e não to reclamando Joclécio
Gil: nessa obesidade ai, o kart custava a sair do lugar -rimos
Neymar: eu tava na última volta e ele ainda na metade da primeira -André fez cara de indignação e nós rimos
Fernanda: na minha época o André era erótico, agora ta parecendo uma baleia -falei naturalmente e eles se acabaram de rir
André: valeu ein Fernanda, achei que estivesse do meu lado
Fernanda: e estou, indico que vá fazer um exercício antes que o colesterol acabe com você -riram
João: sinceridade é tudo nessa vida
Mariana: me mata de vergonha essa menina
Fernanda: gente eu to falando sério
André: quem tem Fernanda como amiga não precisa de inimigo -ri
Fernanda: ai que horror -coloquei a mão no peito e ele riu- gostou da comida? -falei encarando o Júnior que devorava tudo parecendo um cão faminto
Neymar: amei -disse de boca cheia
Fernanda: ai que nojo
Gil: nojo mesmo, vi tudo que tava comendo ai
Neymar: marica
Mariana: questão de etiqueta né fofo
Neymar: etiqueta meu pau
Irene: nossa senhora
Neymar: opa, foi mal tia, esqueci que tava aqui -rimos
Fernanda: todo mundo sabe que você não vale nada, precisa pedir desculpa não
Neymar: cala a boquinha, come ai vai
Pedro: ih mandou calar a boca, eu não deixava
João: olha o outro causando intriga -rimos
Jota: o ultrassom é amanhã Nanda? -assenti- to pronto pra ver o mais novo integrante do bonde
Fernanda: quem disse que vai ser menino?
Neymar: eu!
Fernanda: cê não sabe nem a hora que ta com fome querido
Gil: ah isso ele sabe sim, sabe mesmo -enfatizou o mesmo e nós rimos
Fernanda: e mesmo que seja um menino, não vai sair com vocês nunca
João: tadinha gente, cola com tois que é sucesso
Mariana: sucesso entre as vadias, só se for -nós duas rimos e demos um toque
Gil: essas duas tão impossíveis hoje
Jota: quero ver quando nascer, tomara que puxe a safadeza do pai -Júnior engasgou na hora e os meninos riram
Fernanda: não vi graça
Neymar: nem eu -deu uma golada no refrigerante pra se recuperar e eu o encarei com cara de brava- to quietinho ein amor, não fiz nada -levantou as mãos
Fernanda: eu não disse e nem te perguntei nada
João: vish
André: moio neguin
Neymar: Jota como sempre dando mole
Fernanda: porque? Tem alguma coisa que eu não possa saber?
Neymar: não, claro que não
Jota: Fernanda ta ficando paranóica já -ia abrir a boca pra xingar ele mas o Gil interrompeu
Gil: se for menina vai ficar trancafiada até os dezoito
Fernanda: pelo contrário, vou fazer questão de levar ela pras baladas -Júnior fechou a cara e depois disso nenhum de nós dois pronunciou mais nada, os meninos conversaram entre si o resto do jantar e quando acabei lavei meu prato e fui pra sala, fiquei lá mexendo no celular e o Jota veio atrás de mim
Jota: po Nanda, aquela hora eu só tava brincando, não quero que você e o Juninho fiquem assim por minha culpa
Fernanda: você não tem culpa de nada Jota, seu amigo que não vale nada, ai você só faz uma brincadeira e ele já me da motivos pra desconfiar
Jota: também não é assim, aquela hora ele só se assustou, sei lá...
Fernanda: ta bom -falei o interrompendo- não precisa me explicar que eu não sou burra
Jota: vai ficar emburrada ai?
Fernanda: não to emburrada
Jota: só ta com cara de cu mesmo né? -o encarei com os olhos semicerrados e o mesmo riu- viu só? Ta brava! Não tem motivo nenhum pra ficar assim
Fernanda: então porque ele ficou todo fora de si quando você falou aquilo? Eu não sou boba Jota! E não adianta vir defender porque você é praticamente irmão dele e é claro que não ia entregar as putarias dele
Jota: Fernanda você ta ouvindo as coisas que ta falando? Claro que eu to com ele pra tudo, mas se ele tivesse te traindo eu seria o primeiro a acabar com a vida dele, você é muito especial pra mim, não ia aceitar isso, ainda mais num momento tão importante quanto esse -alisou minha barriga rapidamente e eu parei pra pensar no que eu estava fazendo, ultimamente ando fazendo tanta tempestade em copo d'água que só tenho dado bola fora, apesar de reconhecer que estava errada apenas dei de ombros e voltei a mexer em meu celular, ele riu e me abraçou de lado- sei que ta esquentadinha assim por conta da gravidez, mas relaxa que eu to contigo sempre, não ia aceitar uma coisa dessas nunca! Quando tiver se sentindo melhor vem pra cozinha que a tia já vai servir a sobremesa -beijou minha testa e saiu, fiquei ali mais uns dez minutos e acabei voltando pra cozinha, Júnior continuava com a mesma cara seca de antes e eu nem dei moral, comi zoando com os meninos e quando terminamos arrumamos tudo por lá, voltamos pra sala e a Mari veio com sua muleta
Mariana: agora eu sei porquê do ditado "sofrendo mais que sovaco de aleijado" -se sentou lamentando e nós rimos
Gil: fica assim não saci -rimos e ela fez uma cara de nojo
Mariana: o que o gnomo ta querendo falar gente?
Gil: desculpa ai gigante -rimos
Irene: o campeonato de ofensas ta ótimo, mas eu vou subir -rimos- beijos crianças -mandou um beijo coletivo, nos despedimos dela e a mesma subiu
João: tia Irene fica muito sozinha coitada
André: apoio arrumarmos um boy pra ela
Mariana: o outro vem lá do Brasil pra levar minha mãezona pro mal caminho
André: só você que pode dar?
Fernanda: respeita ela -todo mundo me encarou- faz tempo que o namorado dela foi embora e ela ta sem transar, não fala nisso que esse ainda é um assunto meio difícil pra ela -ela abriu a boca, formando um O, e isso fez com que a gente risse muito
Mariana: Fernanda acha que todo mundo tem que trepar todo dia igual ela pra ser feliz, calma ai colega
Pedro: hm, transam todo dia
Gil: que isso ein Juninho -encaramos ele, que piscou com cara de safado, e eu corei na hora, levando todos a rirem
Fernanda: palhaços
Jota: não gosta de expor sua vida sexual? -neguei com a cabeça
Mariana: joga as cartas na mesa querida
Neymar: a vida sexual dela ta ótima, obrigado -riram
João: daqui a pouco ela voa no seu pescoço
Fernanda: amor próprio é tudo tadinho
Pedro: ih, Juninho ta fraco
Neymar: não foi o que ela disse noite passada -os meninos se acabaram de rir e eu levantei, comecei a subir a escada e todos ficaram sérios, entrei no meu quarto e me joguei na cama, que piadinha de mal gosto! Fiquei um tempo quieta olhando pro teto e logo ouvi a porta sendo aberta, encarei a mesma e vi a Mari entrando com sua muleta, juro que tentei ficar séria, mas ela anda de uma forma tão desengonçada que foi impossível segurar o riso
Mariana: venho te fazer companhia e ainda sou motivo de chacota
Fernanda: desculpa amiga, mas é muito engraçado -ela forçou uma risada e se sentou perto de mim
Mariana: ficou brava?
Fernanda: não brava, mas achei desnecessário
Mariana: também achei meio pesado -rimos- são todos idiotas assim, tu sabe
Fernanda: eu sei, mas tenho que fazer ceninha pra botar moral -riu
Mariana: você não presta
Fernanda: eu sei -sorri de forma cínica e ela riu
Mariana: ficaram lá zoando, falando que Júnior ia ficar sem sexo, que tava ferrado e os caralho
Fernanda: e vai ficar mesmo, to menstruada -ela se assustou e ficou pensando, depois de um tempo ela fez cara de tédio e acho que só então a ficha caiu
Mariana: idiota -rimos
Fernanda: sou máquina de sexo não fia, transamos como todo casal normal
Mariana: ta, mas que tal mudarmos de assunto? -assenti rindo- muito ansiosa pra amanhã?
Fernanda: você não sabe o quanto
Mariana: imagino -sorriu e se aproximou de minha barriga, começou a "conversar" com o bebê e ele ficou todo ouriçado dentro da minha barriga, depois de um tempo ela começou a ler um livro que tinha comprado, especificamente para ler pra ele e quando já estava quase chegando na metade meu quarto foi invadido
João: onw que momento lindo
Gil: to com o olho cheio de lágrima aqui
Fernanda: o que vocês querem?
Jota: viemos nos despedir, sua grossa
Fernanda: tchau, podem ir
Pedro: desse jeito não volto mais
Mariana: essa é a intenção -nós duas rimos
André: não precisa ficar brava Nanda, relaxa que hoje tem -riram e eu arqueei a sobrancelha
Neymar: já deu né mano, bora logo
Mariana: você vai embora?
Neymar: só vou levar eles na porta -me encarou e eu dei de ombros, os meninos se despediram de mim e logo todos saíram do quarto
Mariana: de nada
Fernanda: pelo que?
Mariana: por ter perguntado se ele ia ficar
Fernanda: ah bom -rimos e logo o Júnior voltou
Neymar: pronto, pode ir embora
Mariana: exijo mais respeito
Neymar: anda logo perneta -disse já impaciente, encostado na porta e a Mari se levantou
Mariana: não me apressa caralho -rimos e ela foi saindo- boa noite ao casal e ao meu afilhado
Neymar: tchau -praticamente bateu a porta na cara dela e eu me sentei na cama, peguei o livro, coloquei em cima do criado mudo e fui pro closet, vesti meu pijama e depois fui até o banheiro escovar os dentes, voltei pro quarto e o Júnior estava de samba-canção deitado em seu lado na cama, me deitei e apaguei a luz do meu abajur, virei de costas pra ele e o ouvi respirar fundo- para com isso vai
Fernanda: isso o que? -respondi ainda sem o encarar
Neymar: com essa ceninha ai
Fernanda: que eu saiba, foi você quem ficou de cara fechada pra mim a noite toda
Neymar: claro, falar que vai levar minha filha pra balada, ta ficando louca?
Fernanda: Júnior nem sabemos o sexo do bebê ainda e você já ta nessa, para com isso! E me deixa dormir, por favor
Neymar: amanhã era pra ser um dia especial pra gente
Fernanda: e vai ser, pelo menos pra mim
Neymar: to falando pra gente, nós três. Não vai ser a mesma coisa com você desse jeito
Fernanda: eu to normal
Neymar: então olha pra mim -me virei de frente pra ele, sentada, me apoiando na cabeceira da cama- larga de ser ciumenta
Fernanda: eu que sou a ciumenta da história?
Neymar: tudo isso só aconteceu porque o Jota fez aquele comentário na hora do jantar
Fernanda: não teria acontecido tudo isso se você não tivesse me dado motivos
Neymar: que motivos eu já te dei Fernanda? Pelo amor de Deus -disse num tom de frustração
Fernanda: você é a pessoa menos indicada a se defender a respeito de relacionamentos
Neymar: é, realmente eu sou muito sem vergonha mesmo né -ironizou
Fernanda: quer que eu comece a listar suas amantes?
Neymar: pode começar, mas começa com as que eu trai você -me olhou nos olhos e eu fiquei sem resposta- foi o que eu pensei! Você tem que parar de lembrar o que aconteceu antes da gente voltar, porque em momento algum eu te cobrei as coisas em que fez nesse período. Ta que a brincadeira dele pode ter te atingido, você ta muito frágil agora, mas não precisa desse escarcéu todo
Fernanda: você não sabe como eu me odeio por causar essas discussões desnecessárias
Neymar: tudo bem, não precisa ficar assim também
Fernanda: não gosto de brigar por motivo banal -meus olhos se encheram de lágrimas, pronto, aconteceu o que eu não queria
Neymar: ei, vem cá -me puxou pra perto de si e acariciou meu cabelo- também não precisa chorar
Fernanda: é sério Júnior, isso sempre acontece, começo a brigar contigo por um motivo nada a ver e no final ainda fico como coitadinha, odeio que fique com pena de mim
Neymar: para de pensar desse jeito Fefa, a bipolaridade é algo normal...
Fernanda: não me chama de bipolar -gritei o interrompendo e ele se calou na hora, ficamos nos encarando e comecei a rir- ai meu Deus, eu to mesmo muito bipolar
Neymar: ta né -rimos- mas vai passar, calma. Pensa que amanhã vai ser um dia ótimo pra todos nós
Fernanda: obrigada por me aturar mesmo nesse pior momento
Neymar: pior momento nada, to adorando passar por tudo isso, quando nosso filho nascer vou poder sentar com ele e falar "sua mãe virou uma maluca quando estava grávida de você" -dei um tapa em seu braço, que riu alisando o local
Fernanda: seu idiota! Você quer mesmo que seja um menino né? -disse desviando o assunto, chega disso por hoje
Neymar: eu ainda to meio confuso em relação a isso, quando descobri que o Davi era menino me senti o cara mais realizado do mundo e se o nosso filho também for acho que não vai mudar muita coisa, só o fato de ser um filho com você que torna a experiência ainda melhor -sorri- mas se for menina também vai ser uma boa, só vai me dar muito trabalho, porque dizem que a filha puxa mais o pai e eu sou um gato, então ela vai ser maravilhosa também -rimos
Fernanda: só espero que ela não puxe seu cabelo -ele ficou sério na hora e eu continuei rindo
Neymar: a gente faz progressiva, não tem problema
Fernanda: ela vai ter cabelo bom, se Deus quiser
Neymar: e ele há de querer, amém -ri- tomara que, independente do sexo, seja educado e doce como eu né
Fernanda: ih, porque?
Neymar: porque você é um posso de grosseria menina
Fernanda: sou nada
Neymar: eu que o diga -riu
Fernanda: se for menina tem que ser durona igual a mim, porque se for coração mole igual você vai tomar muito no cu
Neymar: nem sempre
Fernanda: claro que é, olha a Rafaela, cada mês ta amando um diferente -ele gargalhou
Neymar: como você fala assim da minha irmã na minha frente?
Fernanda: ué, eu to mentindo?
Neymar: não, mas...
Fernanda: então pronto! Já falei pra ela se decidir logo, mas ta difícil
Neymar: ela tinha que voltar com o Lucas
Fernanda: ai eu também acho, apoio fortemente o casal -riu
Neymar: como a gente muda de assunto rápido né
Fernanda: é que tem muita coisa pra falar, acabo me perdendo -ri
Neymar: acho que deveríamos dormir, amanhã temos compromisso cedo
Fernanda: a consulta é onze horas oh -dei um tapa na testa dele
Neymar: tenho uma gincana no Barcelona oh -repetiu o meu ato e minha cabeça bateu na parede- ops -riu e eu apontei o dedo do meio pra ele
Fernanda: então você tem compromisso cedo -enfatizei o você- eu posso continuar dormindo
Neymar: quero que você vá, vão sortear um carro e, como você é meu amuleto da sorte, tem que estar lá pra me ajudar
Fernanda: com coisa que você precisa desse sorteio pra ter um carro novo
Neymar: dinheiro eu tenho, mas é sempre bom ganhar coisa no 0800 né -rimos
Fernanda: podre!
Neymar: você vai?
Fernanda: vou né, derreteu meu coração com essa história furada de amuleto -riu
Neymar: mas é verdade amor
Fernanda: acredito cegamente nisso -ironizei e a gente riu- vamos assistir filme?
Neymar: não sendo de romance ta tudo bem
Fernanda: ai Júnior eu queria assistir a culpa é das estrelas
Neymar: pela milésima vez? Chega!
Fernanda: insensível -bufei e ele riu, apagamos as luzes e eu coloquei pra passar velozes e furiosos 4, que é o meu preferido. Durante o filme o Paul aparecia várias vezes e isso acabou arrancando algumas lágrimas minhas, porque mulher que é mulher chora até assistindo filme de ação  antes que o mesmo acabasse eu peguei no sono recebendo bastante carinho do Nj [...] acordei com aquela forte e desnecessária, diga-se de passagem, vontade de ir ao banheiro, percebi que a tv ainda estava ligada e ri sozinha, esse meu namorado não tem nenhum pingo de juízo mesmo. Fui até o banheiro e fiz xixi, dei descarga, lavei a mão e o rosto e voltei pro quarto, sentei na cama e na hora senti o cheiro de paleta de doce de leite, cheguei a respirar fundo tamanha vontade que me deu, calcei meu chinelo e saí do quarto usando a lanterna do iPhone, assim que cheguei na cozinha acendi a luz e fui até a geladeira, abri o congelador e nada, nem um mísero picolé, procurei algo que me lembrasse ao menos o cheiro da paleta e nada, preciso comer isso e agora! Comi um pedaço de goiabada pra ver se conseguia enganar o desejo e voltei pro quarto, me deitei com cuidado e era só fechar os olhos que me vinha a imagem de uma paleta na cabeça, ai meu Deus, acho que o Jota tem razão, eu estou realmente ficando maluca  virei umas quinhentas vezes na cama e o Júnior nem se mexeu, acabei ficando inquieta de mais e resolvi acordá-lo- amor -sacudi-o e nada- Júnior -beijei sua bochecha e ele nem deu sinal de vida- amor acorda, eu preciso de você -falei um pouco mais alto e ele virou seu rosto pra mim
Neymar: que foi?
Fernanda: to com desejo -ele abriu apenas um olho pra me ver
Neymar: quantas horas? -porra, o horário, nem tinha me dado conta disso. Peguei o celular e acendi a tela, pelos meus cálculos ele vai querer me matar
Fernanda: uma e vinte -falei tão baixinho que até eu custei a me ouvir, ele respirou fundo e pressionou os olhos
Neymar: não acredito que me acordou pra isso, esse desejo podia esperar até amanhã né?
Fernanda: juro que eu tentei voltar a dormir, até comi outro doce pra tentar enganar o estômago, mas não funcionou
Neymar: não tem ai?
Fernanda: não, tem que ir comprar
Neymar: é tão urgente assim?
Fernanda: Neymar!
Neymar: to morto de sono
Fernanda: tudo bem, eu vou sozinha -ameacei levantar e ele me puxou
Neymar: veste qualquer roupa ai e vamo logo -se levantou com uma certa dificuldade e foi até o closet, o acompanhei e vesti uma calça jeans, coloquei apenas uma blusa de frio e fiz um coque no cabelo, Júnior vestiu uma bermuda por cima do samba-canção, uma blusa de frio xadrez, colocou o boné e fomos pro banheiro, escovamos os dentes e saímos de casa. Fomos num mercado 24 horas que fica a umas cinco quadras de casa e assim que chegamos as poucas pessoas que estavam lá nem ligaram pelo fato de o Neymar estar no mesmo supermercado que eles, fui andando um pouco mais pra frente que ele e o mesmo me chamou- nossa amor, sua cara ta pior que a minha -riu ainda meio rouco por conta do sono
Fernanda: engraçadinho -forcei uma risada- vamo achar logo
Neymar: o que você quer?
Fernanda: paleta de doce de leite
Neymar: não acredito que saí de casa essa hora por conta de um sorvete
Fernanda: quer que seu filho nasça com cara de doce de leite? -ele me encarou com cara de tédio e eu ri, encontramos o freezer e o Júnior comprou todos os sabores que tinha, segundo ele pra não correr o risco de eu ter mais desejos durante a madrugada
Neymar: quer comprar mais alguma coisa? Só saio de casa agora com a polícia -ri negando com a cabeça- ótimo!
Fernanda: vamos tirar uma foto
Neymar: não!
Fernanda: por favor ídolo, você não sabe como isso é importante pra mim -ele riu da minha cara e me abraçou por trás
Neymar: você é terrível -beijou meu pescoço e tiramos algumas fotos, enquanto passávamos os picolés no caixa aproveitei pra postar a foto

febressan: Acordar de madrugada só pra satisfazer os desejos da namorada, pra mim é a maior prova de amor! Best boyfriend @neymarjr   
33094438d8e08640f7832fe10e0e2e20.jpg

Em cinco minutinhos estávamos de volta em casa, subimos pro quarto com a sacola de coisas e nos sentamos um de frente ao outro, peguei o sabor que queria e mordi, Júnior me observava atento e quando ele riu sozinho saí do meu momento de êxtase para encará-lo- que foi?
Neymar: quase teve um orgasmo agora -ri
Fernanda: nojento
Neymar: não sabia que essa coisa de desejo era tão sério
Fernanda: achou que eu tava brincando? Esse momento agora foi o melhor da minha vida
Neymar: meu Deus -rimos- você é louca!
Fernanda: me deixa -comi mais umas duas paletas e o Júnior também não ficou pra trás, quando já estávamos satisfeitos ele desceu até a cozinha pra guardar as coisas e logo voltou, deitamos abraçadinhos e dessa vez eu pude contemplá-lo dormindo, que cena maravilhosa! Depois de um tempo ali, observando o amor da minha vida dormindo feito um anjo, consegui enfim pegar no sono

quinta-feira, 27 de novembro de 2014
Acordei com o despertador esgoelando, meu coração começou a palpitar e eu coloquei a mão no rumo do mesmo
Neymar: bom dia -riu com uma super disposição e eu me cobri de novo, já que ele havia puxado a coberta
Fernanda: quase morri agora -riu de novo- não quero ir, to com sono
Neymar: ah mas você vai mesmo
Fernanda: não vou! Que merda de gincana, isso é coisa de criança
Neymar: Fernanda, por favor, para de gracinha
Fernanda: eu não vou -falei pausadamente e ele não disse mais nada, fiquei deitada apenas de olhos fechados enquanto ele tomava banho e quando percebi que ele já estava de volta no quarto me levantei, fui pisando fundo pro banheiro e ouvi sua risada, escovei os dentes e entrei no box, tomei um banho não muito quente pra vê se dava uma acordada e saí de toalha indo direto pro closet, vesti uma calça que marcava bem minhas pernas e uma camisa larga que tenho da approve, calcei meu vans preto e coloquei um boné, voltei pro quarto e o Júnior riu- tenho cara de palhaço?
Neymar: ta muito masculina cara
Fernanda: lá vai estar cheio de repórteres, não quero ninguém em cima de mim por conta do nosso filho
Neymar: e vai esconder isso até quando?
Fernanda: se possível até quando nascer!
Neymar: você sabe que isso não vai dar certo, já tem gente começando a especular
Fernanda: será que a gente pode ir? -tossi e ele me encarou assustado
Neymar: ta bem?
Fernanda: foi só uma tosse, calma, não to com tuberculose -ri e ele continuou sério
Neymar: vai brincando com coisa séria
Fernanda: eu ein que cara mais mal humorado -saímos de casa em silêncio e assim fomos até chegar no Camp Nou, como presumi a porta estava lotada de repórteres, entramos com uma certa dificuldade e Júnior estacionou em sua vaga. Fomos primeiro ao refeitório tomarmos café junto com os outros jogadores, eu era a única pessoa que não trabalhava ali e eu odeio quando o Neymar me obriga a passar por isso, porque eu sempre fico com muita vergonha e acabo me isolando um pouco, por pura ironia do destino Rafa e Bartra sentaram perto de nós então Júnior ficou me observando o tempo todo   durante a gincana os jogadores foram divididos em duas equipes e precisaram passar por provas diversas como pedalar em uma bicicleta para gerar energia e fazer embaixadinhas, infelizmente quem ganhou foi o time do Messi, mas foi meu mozão quem levou a sorte grande de ganhar o carro. Ficaram em outra sala tirando fotos e depois de uns quinze minutos Júnior veio me chamar
Neymar: eu disse que você ia me dar sorte -disse me abraçando de lado e acenando para alguns repórteres que nos acompanhavam
Fernanda: só de ta comigo você já tem sorte
Neymar: nossa que humilde -rimos e chegamos do lado de fora, ele tinha escolhido um Q7 branco da Audi
Fernanda: ta patrão ein? -rimos e eu passei a mão no carro
Neymar: posso te falar uma coisa? -falei ainda meio deslumbrada, era simplismente lindo- é seu! -o encarei com os olhos arregalados e ele riu- pega a chave
Fernanda: não, quê isso... ta doido?
Neymar: to falando sério, pega -balançou a chave no ar
Fernanda: eu não posso aceitar
Neymar: claro que pode! Você mesma disse que eu posso comprar um carro novo quando quiser, não quero no momento, fica pra você
Fernanda: nem tenho onde colocar isso
Neymar: qualquer coisa seu carro antigo fica lá em casa -fiquei o encarando por um prazo curto de tempo- anda! Faz o test drive -ri e peguei a chave
Fernanda: você é maluco sabia?
Neymar: por você! -me puxou pela cintura e me deu um selinho demorado- agora vamo dar uma voltinha, depois vamos la em casa deixar meu carro -assenti, entramos no carro, dei uma volta no quarteirão e entramos no Camp Nou novamente para ele pegar seu carro, fomos pra casa dele e eu estacionei na rua mesmo, entramos e a tia estava na sala- bom dia coroa -ela o encarou com cara de tacho e nós rimos- te amo -sentou no braço do sofá e beijou o topo da cabeça dela
Tia Nadine: também te amo filho -sorriu pra ele que a beijou novamente
Fernanda: bom dia meu amor -sentei do seu lado e nós nos abraçamos- que saudade
Tia Nadine: também estava com saudade de vocês minha filha -beijou minha bochecha e alisou minha barriga em seguida- hoje é o grande dia, coopera com a gente ta bom? -ri fraco e ela voltou a me encarar- espero que dê tudo certo!
Neymar: vamo com a gente mãe
Tia Nadine: quê? Eu?
Fernanda: é, a senhora! -me assustei um pouco quando ele fez o convite, mas até que não é uma má ideia
Tia Nadine: estão falando sério? -disse já toda emocionada e eu sorri assentindo- já está na hora?
Neymar: já! Vemos aqui só pra te buscar
Tia Nadine: ta bom, só vou la em cima pegar minha bolsa -deu um beijo e nós dois e subiu
Fernanda: Júnior, a gente não veio aqui só pra pegar ela
Neymar: deixa ela se sentir especial -rimos e logo a tia apareceu ali, saímos de casa e ela ficou boquiaberta com o carro e mais ainda quando o Júnior contou que tinha me presenteado. Chegamos no consultório com alguns minutos de atraso, se tivéssemos chegado no horário não seríamos nós, esperamos mais um pouco e a doutora Barrionuevo veio pessoalmente nos chamar, fez os procedimentos de sempre como pesagem e verificação dos sinais vitais, tirou algumas dúvidas e me deu umas dicas também, logo fomos pra sala em que seria feito a ultrassom e eu coloquei um vestidinho azul e uma touca
Dra. Barrionuevo: e ai mamãe, preparada?
Fernanda: nervosa, mas pronta -riram e eu me deitei, tia Nadine segurava a mão do Júnior que ficou inquieto durante toda a consulta e quando o encarei sorrimos um pro outro
Dra. Barrionuevo: quais são os nomes mesmo? -disse passando aquele gel geladinho em minha barriga e eu me arrepiei
Neymar: Maria Júlia ou João Gabriel -disse antes mesmo de eu abrir a boca e deu para perceber nitidamente o quanto estava nervoso
Dra. Barrionuevo: ótima escolha, os nomes são lindos! -disse ligando tudo lá e começou a passar o aparelho em minha barriga- cheguem mais perto para verem melhor -encarou os dois que vieram para perto da maca e todos encaramos a tela do computador- bom, você está de 16 semanas certo? -assenti encarando aquelas manchas que ainda não sabia decifrar- seu filho tem, mais ou menos, o tamanho de uma pêra. Ele tem cerca de 10 centímetros e aproximadamente 90 gramas, peso e tamanho estão ideais -comecei a ficar emocionada desde já, saber que está tudo certo com o crescimento do meu bebê é algo gratificante, já que isso de certa forma depende de mim. Ela foi explicando tudo o que passava pela tela e ficou observando o sexo durante alguns exaustivos segundos- prontos para receber a Maria Júlia? -tamanha emoção é inexplicável e a vontade de chorar era enorme, ela parecia pular e se mexer. Escutar o coração de uma pessoinha que está dentro de você, que depende totalmente de você é magnifico! Ficamos mais algum tempo vendo ela através do ultrasom e a doutora gravou tudo no pendrive que eu havia trago, fui trocar de roupa e logo fomos embora pra casa. Quando chegamos na casa do Júnior ficaram todos calados nos encarando e, foi só contarmos o sexo, pra eles voltarem a azucrinar de novo, na hora do almoço a Marcela preparou um strogonoff divino e como sobremesa tinha cupcake com lacinho rosa, nem preciso citar o quão derretida eu fiquei né?  passamos a tarde toda lá e o assunto do dia foi sobre a Maria Júlia, “vimos” ela pela primeira vez e já sei que ela vai ser rodeada de muito macho ciumento, a vantagem é que agora nosso time de mulheres ta aumentando, porque pra suportar esse monte de sem juízo só unindo forças mesmo! Depois do jantar resolvi ir embora e o Júnior ficou em casa, porque tinha treino amanhã bem cedo, me despedi de todos e fui logo embora para contar a novidade para Mari e tia Irene

Bom meninas, eu estava pensando seriamente em deixar essa história de lado, mas vieram tantas pessoas me perguntar a respeito dela e eu acabei percebendo que vocês gostam mesmo de Femar. Então quero avisar que vou terminar essa história por vocês! Não sei com quantos capítulos e nem tenho previsão de quando vai ser o fim, porém não vou prometer nada a respeito. Vou continuar postando quando der e fiquem tranquilas que já estou com muitas ideias pra minha próxima história. Enfim, era só isso, desculpa mais uma vez pela demora e não vou cobrar comentários nem nada, já que demorei todo esse tempo pra postar, mas quem quiser comente o que achou e dê dicas do que pode acontecer com esses três. Espero que tenham gostado do capítulo, beijos e até mais  

42 comentários:

  1. SOCORRO, tava com sdds. Pensei que ia parar de postar :(
    #VemMaju hahaha amei o capitulo e obrigada por nao parar de postar <3 -Maari

    ResponderExcluir
  2. Sensacional...
    Estou Amando ♥
    Continua por favor

    ResponderExcluir
  3. Que fofos!!! Ai termina sim Gab! Eles merecem um final feliz

    ResponderExcluir
  4. GABRILA DERRUBANDO FORNINHOS #VEMMAJU

    ResponderExcluir
  5. Oooownn que PERFEIÇÃO !!!! Capítulo TOP e ainda bem que vc n desistiu da história. E já estou na torcida para a chegada da Maria Júlia. #VemMaju ❤️❤️❤️ Continua que está perfeitoooo ❤️Bjooo

    ResponderExcluir
  6. Pode demorar o quanto quiser, mas n some! Kkk se a cada vez q vc sumir e voltar com uns capítulos nesse nível de perfeição, estamos bem kkk
    Amooooo mutcho, tu eh top mulherrrr❤️


    Natalia

    ResponderExcluir
  7. Que capítulo!! Demorou mas veio com tudooooooo!! Não esqueça de nos nao, hein. Beijos!! #rê

    ResponderExcluir
  8. Perfeitamente perfeito,lacração total,já quero casamento,quero a chegada do bebê,to querendo tudo principalmente o próximo capitulo @life_njr_sm

    ResponderExcluir
  9. aaaaaaai que bom que você não desistiu <3

    ResponderExcluir
  10. Perfeito ☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺☺

    ResponderExcluir
  11. Vc falou que já tem ideias pra um história você vai criar outra? Pq tipo vc já tem um blog além desse ne e ele Ta parado tu não vai continuar aquele lá nao?

    ResponderExcluir
  12. Ameeeeeeeeeei .. perfeito demais !!

    ResponderExcluir
  13. QUE CAPITULO MARAVILHOSO. CONTINUA
    INDICA? http://tequeromuitomaisnjr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. estão plagiando vcs novamente, só trocaram o nome da personagem

    ResponderExcluir
  15. O melhor bloogg !! Não para de postarr, ta perfeito ���� Continuaaa

    ResponderExcluir
  16. Cade vc pelo amor de Deus? :((((

    ResponderExcluir
  17. Queria acreditar que vc não parou de escrever :(

    ResponderExcluir
  18. Olá! Sei que é chato fazer esse tipo de coisa, mas gostaria que você dessem uma olhadinha na minha história. Estou começando agora e podem ter certeza que a história é muito boa. Vou deixar o link e vocês deem uma olhadinha http://essespapodeamornjr.blogspot.com.br/ Obrigada! :)

    ResponderExcluir
  19. Amr cadê você ? Sua história é muito boa pra acabar assim

    ResponderExcluir
  20. Amei o seu capitulo, já quero o próximo, to super ansiosa, indica meu blog, é do gil http://i-was-waiting-for-you.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  21. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  22. Amore, me ajuda a divulgar os meus blogs, do Neymar e do Thiago Silva.

    Desde já agradeço.

    Neymar:

    http://voceassumiumeucoracaonj.blogspot.com.br/

    http://neymarjreternamente.blogspot.com.br/

    Thiago Silva:

    http://thiagosilvaeternamente.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  23. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  24. Oi? Nao sei se lembra de me (claro que nao ) mas então queria dizer umas coisinhas, não sei se vai ler u.u!! cara passei tantos meses sem ler as fics sobre o juninho, não porque eu não quis, foi mais por falta de tempo que eu tive que parar (vida adulta não é facil) ! Sempre quando eu entro e leio so o começo dos caps sem poder continuar da um aperto no coração, uma vontade enorme de chorar ( dramatica eu ?? Magina), sabe aquelas historias em que se apegamos aos personagens? Que dá a impressão que faz parte da família? Parece que ta abandonando uma parte de se proprio, as vezes sinto que abandonei, mas como eu disse não foi porque eu quis 😭😭!!
    Mas também me traz uma sensação tão grande de nostalgia, passei uma parte basicamente da minha adolescencia lendo fics, e isso nao foi algo ruim, pra me simplesmente foi uma das melhores épocas e foi ai que "peguei" o hábito de ler livros, (eu achava chato ler) ai quebrei a cara (no bom sentido, se assim pode se dizer) e agora que estou viciada na leitura! Mas não tenho tempo!!
    E queria muitooo agradecer a todas as escritoras dos blogs/fics sobre o nosso menino o Juninho(meu orgulho ), vcs não imaginam o quanto já me ajudaram mesmo indiretamente, nos meus dias de bad,nos meus dias de solidão, e ate na minha depressão!! me fizeram rir muito!!então não vim cobrar nada kkk!!
    Eu só vim simplesmente agradecer por tudo mesmo!!
    Pra TODAAAAAS AS MENINAS que tiram uns minutos ou até horas, compartilhando a criatividade e os sentimentos que vem acompanhado nas história!!!ja me emocionei muito lendo de verdade! Então pra me faltava algo, e era isso agradecer a Vocês Meninas!!


    Um bjo pra quem quizer da kah!!

    ResponderExcluir
  25. Oi linda, tudo bem com você?

    Você poderia me ajudar a divulgar e se você quiser ou gostar pudesse acompanhar a minha nova fic. Desde já agradecida!!

    http://oamornosaumentanjr.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  26. Oi, porque você não volta a postar? Esse blog era o melhor mesmo aparecendo várias histórias novas esse continua sendo o melhor, sempre venho aqui com a esperança de que você tenha postado um novo capítulo, tenta postar nem que demore de um capítulo pra outro mas faz uma forcinha pra postar , amo essa historia, o jeito da fefa me conquistou kk então é isso , espero que algum dia você poste mais capítulos aqui bjs

    ResponderExcluir
  27. 1 ano sem Femar ��

    ResponderExcluir
  28. Já tô anciosa pra ver o proximo capítulo , continua logo por favor !!!

    continua logo por favor !!!
    continua logo por favor !!!
    continua logo por favor !!!
    continua logo por favor !!!
    continua logo por favor !!!

    ResponderExcluir
  29. Eu sei que você tem suas coisas pra fazer mais eu adoro ler o seu blog e quando você não posta os capitulos eu fico super triste !!!

    ResponderExcluir
  30. Deeem um passadinha aqui http://neymarmeueternoamor.blogspot.com.br/?m=1

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. https://justagirlff.blogspot.com
      lÊ ,pfvr

      Excluir